O POLT (Purchase Order Lead Time) é o tempo necessário para que um produto chegue ao seu destino depois que uma empresa faz e encomenda. Em outras palavras, é o tempo estimado para receber um pedido após a sua colocação. 

O tempo de execução do pedido de compra varia muito, dependendo de muitos fatores. Por exemplo, a qualidade dos materiais, a quantidade no estoque do fornecedor, a localização do armazém do fornecedor e até mesmo pontos sazonais sobre tráfego e clima. 

O que compõe o Lead Time do pedido de compra? 

A composição do lead time inclui diferentes etapas, por exemplo, começa na confirmação do pedido, depois vai para a verificação da disponibilidade dos itens. 

Depois disso, a colocação do pedido para transporte e o reconhecimento do pedido. Finalmente, há o aviso de embarque e o recebimento da mercadoria, concluindo sobre a fatura e o pagamento. 

A importância de saber o tempo que leva para que tudo isso aconteça é porque a produção precisa de insumos para chegar a tempo. Caso contrário, a fabricação será atrasada e a empresa perderá dinheiro.  

Como calcular o Lead Time? 

Portanto, como o lead time é dado em dias, não é difícil calcular o lead time. Mas é importante definir qual o lead time que você está procurando, antes de aplicar as fórmulas. 

Por exemplo, o Prazo de Entrega da Ordem Real é dado pela fórmula: 

A-OLT = Data de entrega - Data de entrada do pedido; 

Tão simples quanto isso, você pode chegar no horário em dias de seu lead time. Mas existem outras maneiras de avaliar, por exemplo, o Prazo de Entrega do Pedido Solicitado, que é o tempo entre a data em que o pedido é feito e o prazo de entrega solicitado pelo cliente. 

É a fórmula, muito parecida com a do A-OLT: 

R-OLT = Data desejada - Data de entrada do pedido; 

Além desses dois, há também o Prazo de Entrega de Pedido Confirmado, que é o prazo confirmado para a entrega de um pedido entre o consumidor e o fornecedor: 

C-OLT = Data confirmada - Data de entrada do pedido; 

Vantagens de calcular o lead time do pedido de compra 

Como já estabelecemos, uma forma otimizada de conhecer o lead time pode ajudá-lo a desenvolver um processo de pedido mais lucrativo. Beneficiando seu negócio e seus clientes. 

Com uma noção clara de seu tempo de espera habitual, você pode detectar qualquer problema no pedido e agir a tempo, alcançando o fornecedor ou o armazém. Além disso, permite que você dê horários mais precisos para seus clientes, uma vez que você tem um calendário mais conciso.  

Mas, principalmente, você pode ajustar seus pedidos de acordo com suas necessidades, evitando rupturas de estoque ou estoque excessivo. 

Como otimizar o Lead Time 

Há algumas coisas que você pode fazer se quiser ter um lead time mais adequado. Uma delas é o financiamento de pedidos de compra, se a etapa de pagamento for a que está atrasando o processo. 

Além disso, a realização de pequenos pedidos com frequência pode acelerar o processo. Os pedidos maiores geralmente levam mais tempo para serem preparados e entregues. 

 Finalmente, você pode usar software para controlar toda a operação, minimizando problemas e erros e liberando seus funcionários de tarefas repetitivas, para que eles possam se concentrar mais no lado estratégico do negócio. 

Em suma 

Se você tiver controle de seu tempo de execução e manter registro entre fornecedores e parceiros, você pode ter um melhor processo de tomada de decisão sobre os pedidos. Por exemplo, quando um fornecedor não pode entregar no prazo, você pode procurar um melhor. 

Como as complexidades logísticas são globais, você pode reduzir custos e tempo procurando por fornecedores localmente.  

No final, as empresas devem ser capazes de planejar cuidadosamente seu processo de pedidos e o lead time é essencial para manter tudo indo de acordo com as necessidades do negócio.

    [email protected]

    Belo Horizonte

    Rua Carlos Alves, 88 -101 – São José

    São Paulo

    Cubo Itaú – Alameda Vicente Pinzon, 54 – Vila Olímpia

    pt_BRPortuguese