O gerenciamento de categorias é uma estratégia de gastos para compras que segmenta as despesas gerais por tipos de produtos. Ao dividir os produtos em categorias, os gerentes podem se especializar e entender melhor a dinâmica desse mercado.

Essa estratégia leva a planos mais precisos de fornecimento e gerenciamento de fornecedores. Ela também reduz o custo de compra de mercadorias, diminui os riscos na cadeia de fornecimento e aumenta o valor da base de fornecimento. Outro benefício da gestão da categoria é encontrar fornecedores mais inovadores.

O conceito e o método foram desenvolvidos no final dos anos 80 pelo mercado automotivo. Desde então, tornou-se uma das mais populares estratégias de compras para aquisição, adotadas em empresas do mundo inteiro.

Vamos discutir mais sobre a gestão da categoria e como ela afeta as operações de aquisição e o mercado global.

O que é Gerenciamento de Categoria? Como funciona?

Conforme estabelecido, a gestão de categoria é uma estratégia de aquisição onde a organização dos produtos depende da função dos mesmos. Eles são categorizados em grupos para gastos e depois organizados para o pedido.

Por exemplo, as categorias podem incluir: material de escritório, RH, itens de segurança, TI, transporte, médico, industrial. Portanto, um especialista é responsável por cada uma das categorias, com tarefas tais como fornecimento estratégico, plano de categoria e supervisão e registro de dados.

Essa especificidade exige profissionais que tenham experiência ou envolvimento com o produto que ele está manuseando. Embora trabalhadores mais especializados possam reduzir a oferta de mão-de-obra, o benefício disto inclui a redução de erros e encomendas mais confiáveis, uma vez que eles sabem o que a empresa realmente precisa.

O processo de Gerenciamento de Categoria

Primeiramente, é necessário definir as categorias para seu processo de aquisição. O que sua operação precisa contemplar? Que diferenças podem resultar em categorias e subcategorias a serem segmentadas e que profissionais podem lidar com cada uma delas?

Essa definição refletirá toda a estratégia, porque deles você poderá definir valores para cada um deles e as categorias que precisam ser prioritárias. Portanto, após a definição, você precisa conduzir uma análise de gastos.

Isso significa analisar dados históricos e definir quanto você gasta em cada categoria e como você pode melhorar esse processo. Se você encontrar maneiras de minimizar os custos e inovar os fornecedores, isso resultará em mais lucro e um processo mais eficiente.

Finalmente, você precisa analisar o mercado e encontrar bases de fornecedores e escopo de trabalho para cada um desses itens. Esses dados têm um impacto direto no processo de sourcing para cada categoria e profissional, portanto, é preciso fazer isso com antecedência.

Os 4 P's de Gerenciamento de Categoria

Um princípio básico de marketing também é relevante na definição do plano de gestão de sua categoria. Há quatro elementos essenciais que de certa forma impactam a produção e, por outro lado, o processo de aquisição.

Eles ajudam o gerente a analisar os registros de vendas e garantir que a quantidade certa de produtos seja comprada. Eles são:

  • Produto: É fundamental para o gerente da categoria procurar produtos de qualidade e o melhor custo benefício para a categoria. Assim, conhecer o produto e suas especificações é a primeira necessidade para o fornecimento.
  • Preços: Este é o mais básico. Os gerentes precisam conciliar qualidade do produto e preço, dependendo dos aspectos financeiros da operação. Portanto, avaliar quanto você tem que gastar e os preços no mercado assegura a rentabilidade.
  • Colocação: A disposição dos produtos na loja, em colaboração com os gerentes de categoria e a equipe de marketing. É importante descobrir uma continuidade lógica para os produtos e tipos. Além disso, a possibilidade de otimizar o armazém para maximizar o espaço em estoque.
  • Promoção: Encontrar táticas de marketing que possam aumentar as vendas também é importante para cada categoria. Os produtos que vendem mais rapidamente podem não precisar de tantas promoções, mas de estoques de baixa rotatividade. Portanto, os gerentes devem descobrir esses tipos de decisões.

Em suma

Há muitos beneficiários da gestão da categoria, primeiro ela torna o acesso aos dados mais flexível e aberto a toda a empresa. Depois, você pode encontrar oportunidades de economizar dinheiro e gastar menos em cada uma das categorias. Também reduz os riscos das operações e aumenta a conformidade com fornecedores e fornecedores.  

    [email protected]

    Belo Horizonte

    Rua Carlos Alves, 88 -101 – São José

    São Paulo

    Cubo Itaú – Alameda Vicente Pinzon, 54 – Vila Olímpia

    pt_BRPortuguese